SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

MASSA FRESCA COM SALMÃO E MOLHO DE LIMÃO SICILIANO - A RECEITA PERFEITA PARA UMA CEIA DE ANO NOVO DIFERENTE, SABOROSA E ELEGANTE!

18 Dec 2019

Você já passou o Ano Novo na praia?

 

Se você assim como eu é um bom brasileiro, sua resposta é SIM!

 

Não tem uma pessoa sequer que não tenha enfrentado horas e horas de trânsito para comemorar as festas de fim de ano no litoral.

 

O incrível (para não dizer absurdo) número de 3 milhões de pessoas na praia de Copacabana na virada de 2018 para 2019 comprova que a grande maioria dos brasileiros escolhe um destino litorâneo para celebrar a virada do ano.  

 

A escolha não é à toa e depois de um ano todo trabalhando intensamente dentro de escritórios ou ambientes fechados, tudo que a gente quer é sombra e água fresca com vista para o mar, não é verdade?

 

Além do descanso merecido e dos dias de folga no fim de ano, ainda tem todo o ritual da noite de Ano Novo que faz com que as pessoas se sintam motivadas a irem para a praia. 

 

De que ritual estou falando? Ah se você já passou o ano novo na praia, já sabe do que estou falando!

 

Milhares e milhares de pessoas enfileiradas pulando sincronicamente sete ondas e fazendo seus pedidos na esperança de que tudo se realize no ano que está começando.

 

E não se esqueça que isso deve ser feito de roupa branca!

 

Segundo a tradição, essa é apenas uma das etapas dos muitos rituais de ano novo e se você quiser ter sucesso, é bom cumprir toda a lista, mesmo correndo o risco de terminar tudo só na manhã do dia 01. Rsrs

 

Brincadeiras à parte, essas tradições de fim de ano estão inseridas em nossa cultura popular e já fazem parte da nossa história e por isso, por via das dúvidas, eu sempre gosto de cumprir uma ou outra para garantir um bom começo de ano :)

 

Como você sabe, eu adoro saber a origens das coisas e com essas tradições, não seria diferente e hoje te conto por que comemorar a virada de ano desta forma e no dia 01 de janeiro.

 

Você sabia que a data oficial de virada do ano do dia 31 de dezembro para o dia 01 de janeiro se consolidou há apenas 500 anos?

 

Pois é, do primeiro calendário até o que usamos atualmente, essa data mudou diversas vezes. 

 

A primeira comemoração que se tem notícia se deu na Mesopotâmia por volta de 2000 a.C. A festa tinha início na lua nova no equinócio da primavera, em meados de março. Já os persas e egípcios comemoravam o início de um novo ano no dia 23 de setembro e os gregos em 21 ou 22 de dezembro.

 

Foram os romanos os primeiros a estipularem uma única data para a celebração de Réveillon, dia 01 de março. Foi em 153 a.C. que a data foi alterada para 01 de janeiro e apenas em 1582 que a data foi consolidada com a escolha do calendário gregoriano.

 

Até hoje alguns países comemoram o ano novo em datas diferentes como a China que celebra no fim de janeiro e começo de fevereiro, a comunidade judaica que comemora no fim de setembro e começo de outubro ou os islâmicos que celebram a data em meados de maio.

 

Seja qual for a data, fato é que alguns rituais de Ano Novo são iguais no mundo todo independente do dia da comemoração. 

 

Fogos de artifício à meia noite são um ótimo exemplo. Difícil o país que não comemora a virada com uma grande explosão de fogos. 

 

A própria China que comemora em data diferente da nossa tem nos fogos de artifício um dos grandes momentos da noite de ano novo. Aliás, diga-se de passagem, é de lá que vem a tradição dos fogos. Originalmente, os fogos de artifício eram usados exclusivamente para fins militares até que a China resolveu utilizá-los como parte das grandes festas e comemorações realizadas no país, incluindo o Ano Novo. A China lançou moda e hoje é praticamente impossível ver uma Virada de Ano sem os coloridos fogos no céu.

 

 

Outra tradição presente em quase todo mundo, é o brinde com espumante assim que o relógio marca meia noite.

 

Reza a lenda que você precisa fazer um brinde e apreciar ao menos uma taça de espumante logo no primeiro minuto do dia 01 de janeiro. 

 

Um dos grandes responsáveis por esse incentivo foi Dom Pérignon, criador da champagne mais famosa de todo o mundo. Dom dizia que nada era mais gratificante que saudar o ano novo com “estrelas imortais” se referindo à perlage, as deliciosas e refrescantes bolhas da champagne.

 

A moda logo pegou e até hoje esperamos ansiosamente pela contagem dos últimos 10 segundos do ano segurando uma garrafa de espumante na mão!

 

Você segue alguma dessas tradições em seu Ano Novo?

 

Eu realmente adoro essa época do ano e sempre me divirto com essas histórias e lendas.

 

Você pode estar se perguntando “tá, mas e quanto à comida?”.

 

Pois é, por incrível que pareça só existe uma tradição em relação a comida de ano novo: comer lentilha à meia noite. 

 

Essa é a única história que conheço que envolve comida no ano novo. Você conhece alguma outra tradição? Me conte no Instagram!

 

Bom, e já que não existe regra, a gente pode usar a nossa criatividade para inventar e preparar pratos deliciosos para a nossa ceia de virada de ano.

 

Minha sugestão para esta ceia é uma refeição prática, refrescante e incrivelmente deliciosa.

 

Massa Fresca com Salmão e Molho de Limão Siciliano é a minha receita perfeita para uma ceia de Ano Novo diferente, saborosa e elegante!