SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

RISOTO DE COGUMELO SHIMEJI

2 Apr 2019

Paris, champignon, shitake, shimeji, portobello...

 

Fala a verdade, você às vezes se confunde com os diversos tipos de cogumelos que existem não?

 

Passou da época em que a gente só comprava cogumelos quando ia fazer estrogonofe e eles fazem parte de uma infinidade de receitas deliciosas que impressionam qualquer paladar.

 

Cogumelo é o nome dado às frutificações de alguns fungos Basidiomycota e Ascomycota, pertencentes ao Reino Fungi. Os fungos obtêm alimento de alimentos vivos aos quais se associam e por isso estão normalmente ligados a troncos e árvores.

 

Muitos cogumelos são comestíveis e outros são altamente tóxicos e não devem ser ingeridos, é só garantir a compra em mercados e hortifrutis que não terá problemas.  

 

Se bem usados os cogumelos dão um sabor impressionante às receitas e vale a pena usá-los desidratados, frescos, em pratos quentes e em pratos frios. O segredo é nunca lavar os cogumelos, caso esteja usando o fresco. Eles são como esponja e se lavado, encherá de água e perderá todo o sabor. Use um papel toalha úmido para limpar os cogumelos antes do uso.

 

E agora sim, vamos aos tipos mais consumidos no Brasil para você saber qual escolher para cada receita.

 

CHAMPIGNON

Champignon é a mesma coisa que Paris e Paris é a mesma coisa que Champignon. Isso mesmo, o cogumelo que a gente compra em conserva para fazer o estrogonofe atende na verdade pelo nome completo de Champignon de Paris. Tem coloração branca, é vendido fresco ou em conserva e fica delicioso se usado em sopas, saladas e no tradicional estrogonofe.

 

SHIMEJI

O mais conhecido na culinária japonesa, precisa ser consumido sempre cozido, pois tem sabor amargo. Na verdade existem vários tipos de cogumelos que são chamados de shimeji, alguns com coloração branca, outras com coloração preta, sendo todos eles perfeitos para servir como acompanhamento apenas salteados na manteiga.

 

SHITAKE

Esse é um tipo que a gente encontra com mais facilidade na forma desidratada do que fresca. Também precisa de cozimento para servir, tem uma textura e cheiro mais intenso e amadeirado e é perfeito para o preparo de molhos cremosos para massas.

 

PORTOBELLO

Um dos maiores tipos de cogumelo, o portobello tem textura mais grossa e é bem mais robusto que os demais. Por conta de seu tamanho, é o tipo mais usado para hambúrgueres vegetarianos ou para grelhar em churrascos.

 

Na prática? Acho que vale a pena experimentar os diversos tipos de cogumelos em receitas diferentes. Só assim para identificar os que mais te agradam e que mais combinam com seu paladar.

 

Para a receita de hoje escolhi o Shimeji para preparar um delicioso Risoto!

INGREDIENTES

1 colher de manteiga

½ cebola cortada em pequenos cubinhos

½ dente de alho picadinho

1 xícara de arroz arbóreo ou arroz carnaroli

1 xícaras de vinho branco

200 ml de caldo de legumes (receita aqui)

100 gr de parmesão

200 gr de Cogumelo Shimeji

 

MODO DE PREPARO

Coloque a manteiga em uma panela funda e deixe derreter. Acrescente a cebola e o alho e deixe refogar até que fiquem transparentes.

Coloque o arroz e refogue até que a manteiga envolva toda a quantidade de arroz. Coloque o vinho branco e deixe evaporar um pouco. Está pronto quando você não sente mais o cheiro do álcool saindo da panela.

Em seguida, comece a colocar o caldo de legumes. Pode colocar umas 2 conchas cheias pois no começo, o arroz precisa de líquido para cozinhar e a partir da terceira vá colocando de uma em uma concha, lentamente e mexendo sempre.

Quando sentir que o risoto está quase no ponto, que é sempre al dente, acrescente o cogumelo shimeji e misture por alguns minutos. Desligue o fogo, acrescente o parmesão, misture e pronto.

 

RENDIMENTO

2 porções

 

DICAS

A ideia foi preparar um risoto sem adição de carne e por isso usei o caldo de legumes, mas caso queira um toque de sabor diferente, pode usar o caldo de carne também.

Use a criatividade e experimente outros tipos de cogumelos para o seu risoto.

 

Please reload

Categorias