SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

NHOQUE DE MANDIOQUINHA COM FARINHA DE MANDIOCA

23 Jul 2018

Difícil achar alguém que não goste de massa. Em diversos formatos e tipos de preparo, a massa parece agradar a todos e só não aprecia um prato de macarrão, lasanha ou nhoque no almoço de domingo quem não quer... ou não pode.

 

Cada vez mais recebo mensagens de pessoas contando que descobriram uma intolerância ao glúten, alergia à farinha de trigo e me perguntando que outras opções teriam para substituir esse ingrediente e conseguir apreciar um prato de massa.

 

Pois bem, por aqui já divulguei algumas receitas que seguem essa ideia como o Bolo de Cacau sem Glúten, o Bolo de Cenoura com Farinha de Arroz e o Macarrão de Abobrinha. E foi dia de fazer mais uma receita para entrar nessa lista.

 

O prato escolhido foi o Nhoque e apesar de parecer impossível, o resultado final sem farinha de trigo foi surpreendente!

O nhoque, prato tradicional da Itália, nasceu nas casas dos menos favorecidos. Com as diversas guerras pelas quais o país esteve envolvido, as famílias mais pobres recorriam ao pão velho pra fazer suas refeições. Eles ralavam ou moíam o pão, acrescentavam um pouco de farinha de trigo e água e modelam a massa nesse formatinho cilíndrico.  

 

Com o tempo, a batata entrou na história, os ricos começaram a copiar esse prato e o nhoque, ou gnocchi, como é chamado na Itália, virou tradição dos almoços dos italianos.

 

A versão mais tradicional, de batata com farinha de trigo, é deliciosa, mas acaba sendo bem pesada para quem intolerância ao glúten.

 

A solução é substituir os ingredientes para criar uma versão diferente e incrivelmente saborosa. Utilizei a mandioquinha, que contêm mais de 25% de carboidratos que podem ser convertidos em energia para suas atividades do dia a dia e é uma fonte poderosa de vitamina A, C, E, K, B, de cálcio, fósforo, betacaroteno, magnésio, potássio e muitos outros, e a farinha de mandioca, um ingrediente que têm ganhado espaço aqui em casa.

 

A farinha de mandioca é feita através do processo de cozimento, secagem e trituramento da mandioca até virar um pó. Apesar de ter consistência, aroma e textura diferentes, a farinha de mandioca pode substituir perfeitamente bem a farinha de trigo em diversos preparos e esse nhoque certamente é uma dessas receitas!

INGREDIENTES

500 gr de mandioquinha

100 gr de farinha de mandioca

Sal

Molho de tomate (receita aqui)

Manjericão

 

MODO DE PREPARO

Cozinhe a mandioquinha até que estejam bem moles para serem amassadas. Retire da água, amasse como se fosse fazer um purê. Vá acrescentado a farinha de mandioca até dar liga em que você consegue pegar uma quantidade de massa sem que esfarele em sua mão. Tempere com sal.

Faça rolinhos e vá cortando com a faca nos formatos do nhoque. Leve para cozinhar em água fervente. Você sabe que a bolinha está pronta, quando ela sobe para a superfície. 

É só retirar da água e servir com o molho de tomate e o manjericão fresco.

 

RENDIMENTO:

 

2 porções

 

DICAS

Essa mesma receita pode ser feita com a farinha de arroz ao invés da farinha de mandioca, tendo o mesmo resultado, um nhoque delicioso e sem glúten.