SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

CHOCOLATE QUENTE CREMOSO

25 Jul 2018

 

 

Você sabia que o nome da árvore do cacau, “theobroma cacao”, significa “alimento divino em latim? Pois é, o nome científico da árvore responsável pelo fruto com o qual produzimos o chocolate parece realmente encantar a todos, desde os primórdios de seu descobrimento. Um botânico sueco chamado Lineu foi quem deu esse nome à árvore e, ao que tudo indica, o fez após experimentar o néctar do fruto do cacaueiro. Segundo conta a história, o lar original do cacau é a Bacia do Rio Amazonas e a região de Orinoco na Venezuela, ambas na América do Sul. Há registros de que Colombo experimentou grãos de cacau em uma de suas viagens à América, mas o poder do fruto passou despercebido pelo conquistador.

 

O responsável por levar a iguaria para a Europa foi Hernando Cortez, conquistador espanhol que chegou ao México em 1519. Hernando foi recebido pelo imperador Montezuma dos Astecas com honras, já que dizia que sua intenção era desenvolver alguma forma de comércio entre eles e, por isso, tinha a oportunidade de presenciar hábitos importantes do imperador. Um dos hábitos mais comuns do imperador era apreciar uma bebida especial, servida em copos de ouro e extremamente enaltecida pelo governante. Hernando teve a oportunidade de provar a tal bebida, descrita por ele como forte e intensa.

 

Hernando logo mudou de ideia e decidiu por conquistar o México à força, tendo aprisionado o imperador e dominado a região para o rei da Espanha. Em 1528, quando retornou à Europa, levou consigo grãos do cacau, produzindo para o rei a maravilhosa bebida que havia experimentado nas Américas. O rei, como era de se esperar, se encantou pelo incrível líquido e a Espanha passou a plantar árvores de cacau em regiões que já haviam conquistado como Costa do Marfim, Gana, Nigéria e Camarões, que inclusive se tornaram líderes na produção mundial do fruto.

 

Durante alguns anos, a Espanha detinha o monopólio do comércio dos grãos e logo a bebida se tornou a preferida entre os mais influentes governantes. Não demorou muito para que outros países comprassem os grãos e passassem também a cultivá-los, popularizando a bebida em todo o mundo. Muitos fabricantes se desenvolveram em diversos países, mas foi uma empresa inglesa a responsável por criar a primeira versão de chocolate em barra. A Fry and Sons tem o crédito de ter misturado o cacau moído com manteiga do próprio cacau e açúcar para criar o primeiro chocolate em barra da história. 

 

A comercialização do produto teve início por volta de 1847, com a produção em massa de barras de chocolates que rapidamente dominaram o mercado e se popularizaram em vários países do mundo. Muito interessante saber que a o chocolate teve origem, na verdade, em uma bebida líquida, não é mesmo? E para homenagear a origem desse delicioso alimento que tanta gente ama (e também para aquecer o corpo e o coração nesse inverno), decidi preparar uma receita de chocolate quente!

Para preparar um autêntico e delicioso chocolate quente, você não precisa de muita coisa. Um bom chocolate, um pouco de creme de leite e um pouco de leite integral são os ingredientes utilizados. O segredo mesmo está em controlar o tempo e desligar na hora exata em que a bebida engrossar. Outra dica de ouro é usar uma boa panela para evitar que seu chocolate queime e grude, tornando complicado o que era para ser simples. É essencial que você utilize uma panela antiaderente e de um tamanho pequeno para ter maior controle sobre a bebida.

 

Para fazer essa receita usei a mini panela da linha Madame Tradicional Cobre da Bialetti. Esta linha possui 5 produtos incríveis ao todo e é inteira revestida com uma pintura silicônica na cor cobre. A linha combina design original com visual retrô, em peças feitas em alumínio com 3 mm de espessura e cabos de aço inox. O revestimento interno é feito de Quantanium PRO5, um antiaderente eficiente com partículas de cobre.

 

O cobre é a cor do momento no mundo da gastronomia. Atualmente, praticamente todas as lojas da Europa têm panelas com essa coloração, que deixa qualquer cozinha muito mais linda. E, além disso, essa panela tem um bico que favorece muito na hora de despejar molhos e outras preparações líquidas. Simplesmente perfeita para nossa receita autêntica de chocolate quente!

 

INGREDIENTES

1 xícara de chocolate picado
1 xícara de leite integral
1 xícara de creme de leite

 

PREPARO
Coloque todos os ingredientes na panela, deixe em fogo médio e misture com ajuda de um fouet até que tudo esteja derretido. Quando derreter, continue misturando e prestando muita atenção para quando levantar fervura. Assim que ferver, abaixe o fogo, continue misturando até perceber que a bebida está cremosa e está pronto.

 

RENDIMENTO
2 porções.

 

DICA
Utilize um chocolate meio amargo para garantir um meio termo entre doçura e intensidade de seu chocolate quente.