SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

SCHIACCIATA CON L´UVA - TORTA DE UVA DA TOSCANA

14 May 2018

Ahhh a Itália!

 

Poucas coisas são tão apaixonantes quanto uma viagem para o país em formato de bota!

 

Fazendo fronteira com a França, Suíça, Áustria e Eslovênia, a Itália é um dos pontos turísticos mais incríveis para se visitar. Berço de inúmeros artistas, cientistas, filósofos e músicos, a história da Itália influenciou, e muito, a cultura e o desenvolvimento do mundo.

 

O país é considerado a origem da civilização ocidental e foi o lar de inúmeros povos que deixaram seus rastros históricos na região. A Itália conta com o impressionante recorde de país com maior número de Patrimônios da Humanidade da UNESCO e é provavelmente o local com mais da metade dos grandes tesouros de arte do mundo, cerca de 100.000 monumentos nos mais variados locais como igrejas, casas, catedrais e sítios arqueológicos.

 

E como não é só de monumento que um patrimônio é feito, quero falar de um outro tesouro italiano de altíssimo valor para a humanidade. Uma das artes mais apreciadas, uma das culturas mais conhecidas ao redor do mundo...

 

Estou falando da Culinária Italiana!

 

O país é reconhecido por suas belas cidades turísticas e suas obras de arte espalhadas por todas as regiões, mas é também muito admirado por sua enorme cultura gastronômica que se consagra como uma das mais marcantes, completas e ricas de todo mundo.

 

A diversidade de temperos e ingredientes presentes na culinária italiana é fruto da presença de inúmeros povos que passaram por aquela região. Árabes, gregos, espanhóis, franceses e austríacos ajudaram a moldar o que podemos chamar então de cultura gastronômica italiana.

Os pratos e receitas surgidos na Itália ganharam fama ao redor do mundo por um motivo muito simples: o fato de aliar técnicas sofisticadas à uma maneira extremamente simples de execução. Os italianos são mestres no domínio de todos os processos que envolvem uma culinária sofisticada, porém os reproduzem de forma tão simples e natural, que acabam por conquistar o coração (e o estômago) de qualquer pessoa a ponto dela também desejar reproduzir o mesmo em casa.

 

Estamos falando da tradição das nonas italianas acordarem cedo e começaram a produção das massas frescas para o almoço de domingo, das crianças observarem atentamente a produção de um autêntico molho de tomate para o macarrão e da família inteira se reunir em volta da mesa para apreciar uma demorada e afetiva refeição.

 

O Brasil é o maior país com italianos e descendentes fora da Itália, então imagine só o quanto essa influência também está presente em nossas memórias e é por isso que não há quem resista aos encantos da gastronomia italiana por aqui.

 

Mas se engana quem pensa que essa culinária é feita apenas de vinho, pizza e massa! Apesar do pequeno tamanho do país, a cultura gastronômica da Itália foi influenciada por tantos povos diferentes que acabou também ganhando esta diversidade e variedade de pratos, ingredientes e preparos.

 

No sul da Itália predominam pratos com temperos fortes, com queijos, legumes, alcachofras e carnes de caça. Bem próximo da costa, temos temperos mais suaves com ervas aromáticas, peixes e mariscos.

 

Ao norte da Itália os pratos já são mais requintados e os molhos, salames, presuntos e o queijo parmesão são os grandes destaques da região.

 

Já na área central do país, a diversidade fala mais alto ainda por haver uma mistura das tradições das duas pontas da Itália. Destacam-se a carne, o coelho, as massas com bastante molho e os doces.

 

E é nessa região central que está um dos pontos mais famosos de toda Itália.

 

 

A Toscana conta com cerca de 3,7 milhões de habitantes e aproximadamente 23.000 km de extensão, consagrando-se como uma das maiores regiões italianas tanto em território quanto em habitantes.

 

É uma das mais belas regiões com cidades medievais, lindas colinas e vinhedos que resultam em uma paisagem de perder o fôlego!

 

Passear por Florença, capital da Toscana, é conhecer séculos e séculos de história já que a cidade é berço do Renascimento. Andar pelos vinhedos de Chianti apreciando o excelente vinho produzido na região é uma experiência única e emocionante. E parar em um restaurante de qualquer uma das belas cidades e apreciar uma típica refeição da Toscana é algo que realmente vai ficar em uma sua memória para sempre!

 

Entre os pratos típicos e imperdíveis na Toscana estão o Pappa al pomodoro, nada mais nada menos que o pão duro que sobrou do dia anterior regado em tomates, manjericão e azeite; a Ribollita, sopa com couve, feijão, cebola e cenoura, perfeita para os dias de frios; o Lampredotto, sanduíche feito com abomaso (estomago bovino) e que é servido por todos os quiosques das ruas de Florença e Schiacciata con l´uva, que nada mais é que uma torta de uva, uma receita doce criada por camponeses sem poder aquisitivo na época da colheita de uvas que por sua simplicidade e sabor, ganhou fama e é um dos pratos mais conhecidos da região.

 

 

A schiacciata foi criada como uma opção de doce feita com ingredientes simples e básicos dos camponeses. Na época da colheita sobravam muitas uvas e na falta de ingredientes elaborados, criaram uma receita com farinha, água, açúcar e fermento e as jogaram no meio e por cima da massa. O resultado foi uma torta parecida com um pão macio repleto de uvas que explodiam levando doçura e delicadeza ao paladar.

 

A explosão de sabores era tão impressionante que não demorou muito tempo para se tornar um ícone da gastronomia Toscana sendo servida até hoje nos lindos dias de outono.

Pensar em Toscana é pensar em oliveiras repletas de azeitonas, pés carregados de limão siciliano, roxos campos de lavanda e videiras cheias de uvas e eu acredito que experimentar algo típico de uma região é uma experiência única que tem o poder de nos transportar para aquele local, nos fazendo lembrar imediatamente de todos os elementos característicos de lá.

 

E para preparar uma refeição típica da Toscana reuni ingredientes como azeites, queijos, vinho branco e, é claro, minha versão de schiacciata con l´uva, com os elementos essenciais de lá como os campos de lavanda, oliveiras e videiras para deixar a experiência de viajar pela região ainda mais intensa.

E como fiz isso?

 

Usei a coleção Tuscan Grove da Michel Design Works que tem como tema, adivinhem só? A Toscana!

 

A linha é repleta de estampas que fazem referência aos belos e roxos campos de lavanda, as plantações de azeitonas e as videiras repletas de uvas. Tudo muito vibrante e colorido!

A Michel Design Works é uma marca que adoro, trazida ao Brasil exclusivamente pela Anova Trade, e que está sempre presente por aqui para compor minhas receitas com coleções com muita cor, design e bom gosto. Sem falar na qualidade já que o material dos produtos da marca é de melamina de altíssima qualidade, perfeito para o serviço de alimentos até 65ºC e você pode até lavar direto no lava louças.

 

E agora que tal usar todas as dicas para preparar uma mesa incrível que promete transportar todos os seus convidados para a bela região da Toscana?

INGREDIENTES

500 gr de farinha de trigo

500 gr de manteiga

1 xícara de água fria

Sal

500 gr de uva roxa (pode usar a Thompson, Isabel ou Vitória)

4 colheres de sopa de açúcar

 

MODO DE PREPARO DA MASSA FOLHADA

Coloque a farinha e o sal em uma tigela grande e abra um buraco no meio. Vá colocando a água fria no centro e com as mãos vá misturando a farinha em movimentos circulares até virar uma massa.

Enfarinhe uma superfície lisa e coloque a massa, estendendo com um rolo.

A manteiga deve estar em temperatura ambiente para você utilizar ok? Corte-a em cubos médios e coloque 3 pedações da manteiga, dobrando a massa e estendendo com o rolo até ficar lisa e totalmente uniforme. Reserve a massa na geladeira por 30 minutos. E agora vem a parte importante, você deve repetir o passo acima mais 3 vezes, ou seja, retirar a massa da geladeira, abrir, colocar manteiga, dobrar, esticar e voltar para a geladeira por 30 minutos. 

Depois das repetições, sua massa folhada estará pronta para o uso.

 

 

MODO DE PREPARO SCHIACCIATA CON L´UVA

Disponha a massa folhada aberta sobre uma assadeira forrada com papel manteiga. fure toda a extensão da massa folhada com ajuda de um garfo. Coloque os grãos de uva por toda a massa e cubra com açúcar.

Coloque outra folha de massa folhada por cima, cobrindo novamente com uva e por fim, açúcar. Leve ao forno pré aquecido a 180°C por aproximadamente 30 minutos.

 

RENDIMENTO

6 porções

 

DICAS

Você pode testar a versão tradicional que parece um pão, também fica deliciosa. Eu decidi usar a massa folhada para criar uma receita extremamente leve e crocante.

Se não quiser produzir sua massa folhada, pode usar a comprada sem problema nenhum ok?