SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

HOMUS DE GRÃO DE BICO

21 May 2018

Que a culinária francesa é uma das mais procuradas pelos brasileiros quando a intenção é experimentar um prato refinado, todo mundo já sabe.

 

Que a comida italiana é praticamente a mais escolhida para os almoços de domingo, também já é sabido por todos.

 

Agora, o que pouca gente sabe é que a culinária árabe é uma das mais apreciadas todos os dias no Brasil.

 

A culinária árabe utiliza muitos temperos e ervas aromáticas, pouca gordura na hora do preparo, muitos grãos saudáveis e uma infinidade de ingredientes frescos, o que resulta numa comida sempre muito bem feita, saborosa e saudável.

  

É por esses motivos que o número de pessoas que consome algum dos inúmeros pratos árabes pelo menos uma vez por semana só aumenta!

 

Do tabule servido com as saladas em restaurantes por quilo ao quibe frito servido como aperitivo no barzinho, a culinária árabe vem conquistando cada vez mais espaço nos restaurantes (e nos estômagos) por aí.

 

Entre os pratos mais conhecidos e consumidos por aqui, estão o babaganuche, pasta feita a base de berinjela; a coalhada seca; o tabule; o quibe cru e o quibe frito; a esfiha; a kafta; o charutinho recheado na folha de uva e o beirute.

 

A culinária árabe é famosa por sua grande fartura e variedade de comida, sendo preparada com muito carinho e dedicação para os momentos de confraternização entre a família. Por lá, a comida é uma importante base para a sociedade, fazendo com que família e amigos se reúnam em volta da mesa para apreciar as comidas.

 

Podemos chamar de culinária árabe os diversos pratos de origem no Mundo Árabe, do Iraque ao Marrocos, passando pelo Egito e Líbano e ainda sofrendo influências de culinárias vizinhas como Turquia, Paquistão, Irã e Índia.

 

Por conta de tantas influências regionais, é natural que essa culinária seja variada, mas certamente alguns dos ingredientes mais presentes em seus pratos podem ser destacados como principais e essenciais na cozinha árabe.

 

A utilização de ervas frescas como salsa, hortelã, coentro, alecrim e temperos como o açafrão, canela e noz moscada com certeza estão nesta lista.

 

O trigo também tem uma importância sem igual para esta culinária e podemos constatar isso através do uso para a produção de um dos mais famosos pratos, o cuscuz marroquino, e também na produção de pães que é consumido em grande escala por lá. O pão muitas vezes faz a vez do talher e em diversos pratos é servido cortado em pedaços a serem degustados junto com o prato principal.

 

Os grãos também possuem um lugar privilegiado na cozinha árabe com diversos pratos feitos com essa base como o falafel, o babaganuche e o homus. E é deste ultimo que quero falar hoje.

 

O Homus é um alimento típico da culinária árabe feito a partir de grão de bico cozido e espremido junto com tahine - pasta feita de gergelim muito usada na culinária do Oriente Médio - azeite, suco de limão, sal e alho.

 

A palavra “homus” significa literalmente “grão de bico” em árabe e muitos tratados culinários dizem que esta é uma das receitas mais antigas do mundo. Reza a lenda que um sultão teria sido o inventor da receita original e que até hoje seus descendentes teriam a versão correta, sendo a que nós conhecemos apenas uma cópia da original.

 

De toda forma, a tal receita ganhou tanta notoriedade que já em 400 a.C. foi mencionada por Platão e Sócrates. De lá para cá, o homus só ganhou mais fama se espalhando por todo o mundo como um delicioso acompanhamento para os mais variados pratos.

 

O prato se tornou tão famoso que ganhou até mesmo um dia só para ele. No dia 21 de maio, fotos dos mais variados tipos de homus são compartilhadas por todo mundo nas redes sociais e como a receita é deliciosa e super fácil de fazer, não poderia ficar de fora dessa!

 

Decidi preparar a versão tradicional e também uma receita diferente e muito colorida de homus com beterraba para servir da forma mais clássica: com o pão sírio.

 

A ideia era servir os dois tipos de homus junto com o pão sírio cortado em pedaços como aperitivo para a confraternização com alguns amigos e para dar um toque ainda mais especial, escolhi o Kit Petisqueira da coleção Papillon da Michel Design Works.

 

A marca Michel Design Works é americana, importada exclusivamente pela Anova Trade e quem me conhece sabe que sou fã de carteirinha deles.

 

O material dos produtos da marca é de altíssima qualidade, a melamina da Michel é perfeita para o serviço de alimentos até 65ºC e você pode até lavar direto no lava louças.

 

Sem contar a beleza das estampas dos produtos, eu escolhi alguns itens da coleção Papillon, repletos de borboletas coloridas, alegres e que deixam qualquer preparo muito mais charmoso!

Agora é só reunir os amigos, escolher seus itens preferidos da Michel e preparar esses deliciosos homus para a confraternização da semana.

INGREDIENTES HOMUS TRADICIONAL

 

200 gr de grão de bico cozido

1 colher de sopa de tahine (pasta de gergelim)

50 gr de iogurte desnatado

1 dente de alho descascado

Suco de ½ limão

Sal

Azeite

 

MODO DE PREPARO:

 

Coloque o grão de bico cozido, o tahine, o iogurte, o alho, uma pitada de sal e o suco do limão no liquidificador. Bata até virar uma pasta homogênea.

 

RENDIMENTO

 

250 gr de homus

 

DICAS

 

Sirva com um fio de azeite por cima para finalizar.

 

INGREDIENTES DO HOMUS DE BETERRABA

 

200 gr de grão de bico cozido

150 gr de beterraba cozida

1 colher de sopa de tahine (pasta de gergelim)

50 gr de iogurte desnatado

1 dente de alho descascado

Suco de ½ limão

Sal

Azeite

 

MODO DE PREPARO

 

Descasque e cozinhe a beterraba até amolecer bem.  

Coloque a beterraba cortada em cubos e cozida, o grão de bico cozido, o tahine, o iogurte, o alho, uma pitada de sal e o suco do limão no liquidificador. Bata até virar uma pasta homogênea.

 

RENDIMENTO

 

250 gr de homus

 

DICAS

 

Sirva com um fio de azeite por cima para finalizar.