SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

3 SOBREMESAS SERVIDAS EM TAÇAS

14 Mar 2018

Para muita gente, a hora da sobremesa é a mais prazerosa da refeição, e mesmo quem já está satisfeito, acha um espacinho para aproveitar as doces delícias, não é mesmo? Isso acontece porque, quando degustamos uma sobremesa, as áreas de prazer que são ativadas em nosso cérebro são muito mais fortes do que os sinais químicos que indicam que estamos satisfeitos. Ou seja, mesmo tendo se alimentado bem, o prazer de comer algo doce é tão forte que acaba anulando a sensação de saciedade, abrindo espaço para a sobremesa.

 

E aposto que uma pergunta veio na sua mente agora: por que essa regra de só comer o doce depois do salgado? Bom, historicamente, nos enormes banquetes da Idade Média, não existia uma ordem para comer. A mesa era composta de absolutamente tudo, todos os pratos eram servidos ao mesmo tempo, sem nenhum tipo de categorização. Salgados, doces, frutas, queijos, pães, enfim, tudo era colocado na mesa à disposição dos convidados, para que cada um pudesse comer na ordem e da forma que bem quisesse. Isso fortalecia o símbolo de riqueza do dono do banquete. Os anfitriões queriam demonstrar e ostentar o tamanho da sua fortuna, produzindo uma mesa farta e repleta de comida.

 

Foi apenas no século XIX que essa ideia começou a ficar ultrapassada, e as pessoas passaram a valorizar a ordem de servir os pratos, tornando as refeições mais harmônicas e equilibradas, com os salgados sendo servidos em primeiro lugar e os doces em seguida. Não se sabe se foi por conhecimento de que este hábito é mais saudável ou por pura intuição, mas o fato é que essa evolução na ordem da alimentação está pra lá de correta.

 

Os doces contêm glicose, substância reguladora da fome, que chega rapidamente na corrente sanguínea e envia mensagens ao cérebro indicando saciedade, mesmo se a pessoa não tiver ingerido nenhum nutriente. Todos os nutrientes que o corpo precisa estão nos alimentos salgados, e é por isso que devemos seguir essa regra de primeiro alimentarmos o nosso corpo com alimentos salgados e, depois, com os doces. Desta forma, temos a refeição como uma experiência completa, em que cada momento possui a sua importância e cada alimento tem sua hora certa de ser apreciado.

 

O problema é que, muitas vezes, a tão esperada “hora certa” da sobremesa acaba sendo um desafio para o cozinheiro ou anfitrião. Isso porque, diferente da Idade Média, hoje servimos os pratos de maneira muito organizada e, acima de tudo, bonita. Acredito na expressão “comendo com os olhos” pois, para mim, tudo começa na apresentação, na beleza, no desejo imediato de experimentar aquela receita que nos salta aos olhos e, no caso dos doces, isso não é tão simples. Diversas receitas de doce são feitas à base de ingredientes líquidos como leite condensado, ovos, creme de leite, além de utilizarem ganaches e brigadeiros para completar a doçura do prato. Essas misturas deliciosas têm um preço: a dificuldade de se apresentar a receita de forma bonita.

 

Como a maior parte das sobremesas são cremosas, optamos por grandes travessas para o serviço, o que muitas vezes acaba prejudicando a aparência na hora de servir. As camadas do doce podem não chamar tanta atenção, pois a travessa não é alta o suficiente, e as primeiras colheradas podem deixar o prato todo desajeitado. E é por isso que uma nova forma de apresentar essas maravilhas doces está ganhando espaço e conquistando o coração de muita gente: as sobremesas servidas em taças. Servir individualmente é uma maneira incrível de demonstrar carinho por seus convidados, em uma composição delicada de cada docinho!

 

Todo mundo fica encantado com a mesa de doces de bufês de casamentos e aniversários, não é mesmo? E para trazer esse encanto para seus os convidados, fica a dica: servir as sobremesas de forma individual dentro de taças! O mais bacana é que você pode usar a sua criatividade e agradar vários gostos, fazendo cada taça de um sabor, uma receita ou, ainda, pode usar vários formatos de taças para criar uma apresentação diferente e criativa.

 

Para que consiga servir suas sobremesas com estilo, você precisa utilizar taças de boa qualidade, é claro. Aqui em casa, uso as taças da linha Vinoteque da Luigi Bormioli. A marca é líder mundial em produção de vidros e possui linhas de alta qualidade, competindo com o fino cristal na aparência e elegância, com a vantagem de não possuírem chumbo na composição. Todas as peças da Vinoteque são sopradas, feitas com vidro cristalino, com reforço de titanium. São transparentes e brilhantes, têm a borda cortada a laser fino para evitar rachaduras, e são muito resistentes, durando em torno de mais de 4.000 ciclos de lavagem sem nenhuma alteração de qualidade. Ou seja, além de proporcionarem uma ótima degustação para vinhos, elas deixam suas sobremesas mais lindas e super bem apresentadas!


 

BOMBOM NA TAÇA

INGREDIENTES
1 caixinha de creme de leite
1 lata de leite condensado
2 colheres de sopa de leite em pó
2 colheres de sopa de manteiga
1 caixinha de morangos
80 g de chocolate meio amargo

 

MODO DE PREPARO
Em uma panela pequena, misture metade do creme de leite, metade do leite condensado, 1 colher de manteiga e as 2 colheres de leite em pó. Em fogo baixo, misture tudo muito bem até engrossar e ficar no ponto de brigadeiro de colher. Desligue o fogo, despeje em um prato e esperar esfriar completamente.

 

Enquanto isso, aqueça o chocolate meio amargo no micro-ondas por apenas alguns segundos para que ele derreta. Feito isso, coloque em uma panela pequena a outra metade do creme de leite, do leite condensado, 1 colher de manteiga e o chocolate derretido. Em fogo baixo, misture tudo muito bem até engrossar e ficar no ponto de brigadeiro de colher. Desligue o fogo, despeje em um prato e esperar esfriar completamente.

 

Corte 5 morangos na metade e o restante em pequenos cubinhos. Com os brigadeiros já frios, vamos à montagem. Coloque os cubinhos de morango no fundo, cubra com o brigadeiro branco. Agora coloque os morangos cortados ao meio ao redor da taça inteira fazendo uma bonita decoração. Cubra com o brigadeiro escuro e finalize com um morango por cima.


MOUSSE DE MARACUJÁ
 

INGREDIENTES
½ lata de leite condensado
½ caixinha de creme de leite
1 maracujá
100 ml de água

 

MODO DE PREPARO
Corte o maracujá e reserve duas colheres de sopa das sementes. Com o restante, faça um suco batendo no liquidificador as sementes com a água. Peneire. No liquidificador, bata o creme de leite, o leite condensado e o suco de maracujá. Despeje na taça e leve para a geladeira por 1 hora. Coloque as sementes de maracujá para decorar e retorne para a geladeira por mais 3 horas.

 

BANOFFEE

 INGREDIENTES
100 g de bolacha maisena
1 colher de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de doce de leite feito na panela de pressão (receita aqui)
2 bananas cortadas em rodelas
Chantilly

 

MODO DE PREPARO
Faça o doce de leite na panela de pressa (receita aqui) e deixe esfriar completamente. Em um processador, bata as bolachas até virarem uma farofa. Acrescente a manteiga e bata novamente. Coloque no fundo da taça. Em seguida, cubra com o doce de leite e as bananas cortadas em rodelas.

 

Você pode utilizar chantilly comprado de boa qualidade para cobrir seu banoffee mas, se quiser fazer em casa, basta utilizar 1 xícara de creme de leite e duas colheres de açúcar. Leve o creme de leite gelado e bata na batedeira em velocidade média até começar a engrossar. Adicione o açúcar aos poucos e continue batendo até ficar firme. Coloque em cima das bananas e pronto.