SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

10 DICAS PARA O MACARON PERFEITO

12 Mar 2018

 

 

Algumas receitas têm o incrível poder de encantar e tirar suspiros de qualquer pessoa.

Uma dessas receitas que mais tem esse efeito é o Macaron.

 

Esse pequeno docinho é admirado e apreciado do começo ao fim. Da sua graciosidade e delicadeza no tamanho e formato até a sua leveza e explosão de sabores na hora da degustação.

 

O Macaron é um doce com origem de origem italiana e deriva da palavra maccherone, que significa massa fina em italiano. No século XVI o doce foi levado para a França pelo corte de Catarina de Médicis e sua receita era exclusivamente feita para atender à alta nobreza.

 

Foi com o passar do tempo que o docinho italiano foi sendo levado para outros lugares, sua receita descoberta e reproduzida além dos jantares da realeza e até que no final do século XIX ganhou sua versão final e mundialmente conhecida pelas mãos de Pierre Desfontaines.

 

Inicialmente o macaron nada mais era que um fino biscoito. Essa era a versão do doce feito na Itália e para a nobreza. Foi o citado patisseur da famosa casa Ladurée, de Paris, que teve a brilhante ideia de colocar um creme no meio e unir dois desses tais macarons.

 

E voilà, um dos doces mais famosos no mundo foi criado.

 

Já comi muito macaron duro, seco, ressecado e crocante que não tem absolutamente nada a ver com o doce de verdade. O verdadeiro macaron tem uma textura incrível, derrete na boca, é suave, macio e muito delicado e para conseguir esse resultado você precisa seguir algumas regras de ouro.

 

Quem já se interessou por esse tema e pesquisou a respeito, se deparou com um milhão de regrinhas a serem seguidas para obter um macaron perfeito e eu só tenho uma coisa a dizer sobre isso: siga as regras.

 

Todos os comentários de que fazer macaron é difícil são verdadeiros. É realmente um desafio fazer esse doce em casa e é bem possível que nas primeiras vezes eles simplesmente não saiam perfeitos.

 

Mesmo sabendo disso, vale a pena insistir e fazer essa receita. Primeiro porque todas as tentativas que derem errado servirão de aprendizado para que não cometa os mesmos erros na próxima vez. Segundo porque deixarei aqui todas as valiosas dicas para diminuir os riscos e você conseguir reproduzir essas delícias em casa. E terceiro porque sua satisfação será enorme e recompensadora quando tiver sua fornada perfeita de macarons!

 

Bom, papel e caneta na mão, prepare-se para saber tudo o que precisa para produzir um perfeito Macaron.

 

1 – macarons são muito sensíveis e por isso o forno não pode estar muito forte. A temperatura deve ser algo em torno de 140 graus.

2 – se quiser partes idênticas para o seu macaron, desenhe círculos iguais de mais ou menos 3 centímetros de diâmetro em uma folha de papel manteiga.

3 – não use corantes líquidos.  Para evitar deixar a massa úmida, utilize corantes em pó.

4 – você precisa de uma balança. Assim como a maioria dos doces, a receita de macaron requer precisão e para não ter erros, meça tudo corretamente.

5 – o ideal é utilizar o silpat, mas caso não tenha, o papel manteiga pode ser usado e é essencial para que os macarons não grudem na forma.

6 – você irá precisar de pelo menos dois bicos de confeitar redondos, um para a massa e outro para o recheio.

7 – todos os ingredientes devem estar em temperatura ambiente.

8 – não processe a farinha de amêndoas em casa. Nunca conseguiremos obter a farinha de amêndoas sequinha em casa, ela vai ficar oleosa e vai desandar seu macaron. Compre a farinha em lojas especializadas.

9 – não faça macarons se estiver chovendo. Isso mesmo, se o tempo estiver úmido, o macaron não vai dar certo. Espere um dia quente e seco para reproduzir a receita.

10 – utilize duas formas. É essencial que o calor atinja primeiro o topo do macaron, formando a casquinha. É só depois de assar primeiro a parte de cima que o calor vai esquentar as duas formas e chegar na base do macaron, crescendo o famoso pezinho.

 

E agora que você já tem todas as dicas para consegui um macaron perfeito, deixo aqui a receita de macaron de morango para você preparar em casa.

INGREDIENTES

 

MASSA

125 gr de açúcar de confeiteiro

125 gr de farinha de amêndoas

100 gr de clara de ovo

125 gr de açúcar cristal

Corante em pó vermelho

 

RECHEIO

400 gr de morango

400 gr de açúcar

1 colher de sopa de suco de limão

 

MODO DE PREPARO DO RECHEIO

Corte os morangos ao meio e leve em uma panela em fogo baixo até que comece a ficar líquido. Adicione o suco de limão, despeje o açúcar e deixe apurar para engrossar por 30 minutos. Reserve.

 

MODO DE PREPARO DA MASSA

Comece batendo no processador o açúcar de confeiteiro com a farinha de amêndoas. Depois de tudo misturado, peneire e reserve.

Em uma panela grande coloque água e coloque uma panela menor em cima, vamos fazer um banho maria para o merengue. Mas é importante que a panela menor não toque na água na panela maior ok? Precisamos apenas do vapor. Na panela pequena coloque 50 gr de claras com 125 gr de açúcar cristal. Com ajuda de um fouet bata bem até que o açúcar se dissolva por completo nas claras. Quando estiver bem lisinho, despeje essa mistura na batedeira e bata até virar um merengue brilhante e estável.

Na mistura de açúcar com farinha de amêndoas junte 50 gr de clara de ovos e o corante (é meio a olho, coloque ½ colher de café e veja se fica da cor desejada). Acrescente o merengue nessa mistura aos poucos e devagar, até tudo estar homogêneo.

Agora coloque tudo isso no saco de confeitar e comece a preencher os círculos que fez no papel manteiga.

Ligue o forno a 140°C para pré aquecer enquanto deixa seus macarons descansando um pouco já na forma.

Leve para assar por aproximadamente 10 minutos e depois de esfriar, retire-os da forma.

Agora é só colocar a geléia dentro do saco de confeitar, pegar uma bolacha do macaron, adicionar o recheio e fechar com outra bolacha de macaron.

 

RENDIMENTO

30 macarons

 

DICAS

Você não precisa armazenar seus macarons na geladeira, pode guardá-los fora que eles irão durar por até 4 dias.