SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

O QUE FAZ UM MESTRE CERVEJEIRO?

22 Nov 2017

Você já ouviu falar de Mestre Cervejeiro?

A profissão, que ganhou fama recentemente aqui no Brasil, é conhecida mundialmente e existe há muitos anos lá fora. E sim: é uma profissão! Já imaginou trabalhar degustando uma das bebidas mais apreciadas do mundo? Mas, antes de pensar que esse é o emprego dos sonhos, vale a pena conhecer um pouco mais e entender que o trabalho é bastante específico, técnico e exige muito conhecimento.

Pois bem, o Mestre Cervejeiro é o profissional responsável pela qualidade do produto, tanto em sua fase de desenvolvimento quanto na fase de produção. O trabalho envolve a seleção da matéria-prima, o acompanhamento do passo a passo da fabricação e a assinatura dos diferentes tipos de cerveja ou chope. 

 

O Brasil é o terceiro país no ranking mundial de consumo de cervejas, ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos. Isso faz com que o mercado da produção de cerveja aumente todos os dias por aqui, e com que o cargo de Mestre Cervejeiro seja cada vez mais necessário em todas as empresas que produzem esta bebida, da pequena e artesanal até a grande e industrial.

 

Além das tarefas mencionadas acima, degustar as cervejas está no rol de atribuições deste cargo. Claro que em pequenas doses e, ao final do dia, o Mestre terá degustado uma quantidade bem menor do que a presente em uma latinha de cerveja, e de forma treinada.

 

E se você, assim como eu, também adora esta bebida e deseja apreciar mais que uma latinha, algumas dicas valiosas podem fazer a diferença na hora de degustar cervejas especiais!

 

Visual
Antes de apreciar a cerveja, observe a coloração, a transparência, a limpidez e a espuma. Você vai se surpreender ao ver o quanto elas são diferentes entre si: algumas douradas com espumas brancas, outras com coloração rubi e espumas creme, e outras pretas com espumas marrons.

 

Olfato
Assim como na degustação de vinhos, o olfato representa 80% das sensações da bebida. Feche os olhos e tente fazer associações com os aromas presentes naquela cerveja. Perceba se possui toques florais, frutas, de especiarias, tostados ou adocicados.

 

Paladar
Neste aspecto, diferentemente dos vinhos, a cerveja deve ser tomada rapidamente, a famosa “golada”. Isso porque é no palato que concluímos as sensações da cerveja. Observe se ela é doce, amarga, azeda ou ácida.

 

Copo ideal
A escolha do copo correto influencia em muitos fatores na percepção de sabor de uma cerveja. Além de, obviamente, deixar a degustação mais bonita, a análise sensorial da bebida é completamente alterada de acordo com a escolha do copo, fazendo a diferença na hora de auxiliar a formar e manter a espuma, potencializar os aromas e os sentidos olfativos de cada ingrediente.

 

Mas calma, você não precisa ser um Mestre Cervejeiro para saber escolher o copo correto! O segredo está em conhecer as características de cada copo para cada estilo de cerveja. Por exemplo, se a cerveja for aromática, você precisa de um copo com borda mais larga para que os aromas se volatizem. Ao contrário, se a cerveja for leve e delicada, a borda deve ser mais estreita para que os aromas fiquem concentrados.

 

Para facilitar, escolhi as seis cervejas mais bebidas no Brasil com as características que cada uma delas possui e com os copos ideais para serem apreciadas. Vamos lá?!

 

Taça

As taças não estão ligadas a nenhum tipo específico e podem ser utilizadas para degustar todos os estilos de cervejas. O formato ajuda a apreciar a coloração e o bocal menor ajuda a reter a espuma e realçar os aromas, deixando-os mais concentrados. Deguste com as cervejas Pilsen, com coloração dourada, aroma de malte e baixa fermentação, que é o tipo de cerveja mais comum e apreciado no mundo.

 

IPA

A cerveja IPA (Indian Pale Ale) possui um alto teor de lúpulo, geralmente com combinações cítricas ou especiarias e, por isso, o copo precisa ter paredes finas para manter a temperatura da cerveja, e um bocal médio para garantir a maior concentração de espuma, ressaltar o aroma e sabor frutado, e também do lúpulo.

 

Stout

Com sabor parecido ao da cerveja Porter, a Stout é a famosa cerveja escura. É caracterizada pela coloração escura, aroma e gosto torrados, que lembram chocolate ou cacau. O corpo é bem cremoso e amargo, e possui uma espuma volumosa. Para apreciar uma cerveja Stout, você precisa de um copo com base estreita, para diminuir o contato com as mãos e manter a temperatura gelada, e uma borda média, já que esta cerveja possui intensidade aromática moderada.

 

Weiss

Cerveja muito apreciada no Brasil, possui coloração clara e opaca, é feita à base de trigo e possui sabores e aromas frutados, com toques de especiarias e notas florais. Esta cerveja deve ser apreciada em um copo de tamanho grande, para que todo o conteúdo seja servido de uma vez, incluindo o fundo com as leveduras. A boca do copo deve ser curvada para amplificar o aroma do trigo, das frutas e dos grãos.

 

Saison

Estilo de cerveja artesanal de cor dourada, com aroma de frutas, que possui notas características de terra e pimenta. Para apreciar esta cerveja, você deve escolher um copo com base fina para manter a temperatura da cerveja, e boca mais fechada para garantir que todos os aromas fiquem concentrados e mais perceptíveis.

 

Cider

As cidras são bebidas fermentadas à base de frutas. Em sua maioria,