SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

HAMBÚRGUER CASEIRO

15 Nov 2017

Você já ficou em dúvida sobre o que fazer após ler, em alguma receita, uma indicação para “grelhar”, “selar”, “fritar” ou “assar”? Pois bem, você não está sozinho. Muita gente tem essa mesma questão a respeito das formas de cozinhar os alimentos, os tais “métodos de cocção”.

 

Há muito tempo, o homem só se alimentava por necessidade e pelo instinto de sobrevivência. Foi apenas com a descoberta do fogo que ele passou a preparar sua alimentação de forma diferente, descobrindo todo o prazer na mudança de texturas, sabores e aromas que esta invenção proporcionou.

A cocção é o processo onde os alimentos são submetidos à ação do calor, ou seja, são cozidos. Ao cozinhar um alimento, você altera sua textura, sabor, cor, aroma e ainda quebra suas fibras, fazendo com que a digestão fique mais fácil. A escolha do método de cocção para cada preparação é essencial para um bom resultado. Conheça aqui um pouco mais deste universo tão importante para qualquer amante da cozinha.

 

 

A vapor
Consiste na cocção pelo calor indireto, proveniente da água em ebulição, ou seja, o alimento é cozido sobre o vapor da água. Este método preserva o sabor, a cor e os nutrientes dos alimentos, além de dispensar o uso de gorduras, deixando os pratos mais leves e saudáveis.

 

Na pressão
Consiste na cocção dos alimentos em vapor superaquecido, produzido dentro da panela de pressão. A pressão promovida dentro da panela é capaz de elevar a temperatura a mais de 100° C, fazendo com que o alimento seja cozido rapidamente. Algumas vitaminas e nutrientes, porém, são perdidos durante este cozimento.

 

Refogar
É o tipo de cocção em que se frita o alimento em pouca quantidade de gordura. Para fazer um refogado, deve-se utilizar fogo brando e acrescentar poucas quantidades de água, até que o alimento esteja macio.

 

Fritar
Consiste em cozinhar o alimento submergindo-o em uma grande quantidade de ingrediente gorduroso como manteiga ou óleo, em temperaturas que vão de 150° C a 190° C, dourando rapidamente a superfície. A quantidade de gordura deve ser suficiente para cobrir o alimento. Este tipo de coação não diminui significativamente o valor nutricional do alimento, porém, por usar gordura, acrescenta muitas calorias ao prato.

 

Assar
Método de cocção em que o alimento é cozido sob ação de calor seco em altas temperaturas. Este tipo de cozimento é feito no forno e, como a temperatura de cocção no forno é alta (de 200° C a 300° C), é mais aplicado em alimentos que já possuem gordura e que conseguem suportar a temperatura sem queimar. É um ótimo método de cocção pois mantém grande parte dos nutrientes.

 

Branquear
É um método de pré-cocção do alimento em meio líquido, que pode ser água ou óleo, por apenas alguns minutos. Este método coagula as fibras externas dos alimentos, fazendo com que fiquem firmes e mantenham a cor, preparando-os para congelamento, conservas ou frituras.

 

Ferver
Tipo de cozimento do alimento através de calor úmido, direto com a cocção, em meio líquido. Este método pode ser a frio, quando o alimento é colocado na água fria até que ela atinja a fervura, ou a quente, quando o alimento é colocado em água já fervente, até cozinhar.

 

Brasear
Método do cocção que consiste em cozinhar o alimento em pouco líquido e baixa temperatura. Pode ser feito na chama ou no forno e dá cor ao alimento, mantendo o suco no seu interior.

 

Saltear
Tipo de cocção rápida em frigideira, com fogo alto, que utiliza gordura e pequenas porções de alimento. Este é o método em que os Chef´s têm a oportunidade de mostrar suas habilidades, já que não requer nenhum utensílio para mexer os alimentos, basta o movimento da própria frigideira.

 

Pocher
É o tipo de cocção em que se utiliza a água antes do ponto de fervura. A temperatura da água não pode passar de 80° C neste tipo de cozimento, e é a forma usada para cozinhar ovos sem utilizar gorduras.

 

Gratinar
Método de cocção em que se usa o forno ou salamandra em temperaturas altas para criar uma crosta nos alimentos. A temperatura deve estar entre 250° C e 300° C, e a exposição do alimento deve ser rápida. Sobre o alimento deve conter uma camada de algo como queijo ou farinha de rosca para que a coloração fique dourada.

 

Grelhar
É o tipo de cocção em que o alimento é cozido no calor, através de uma grelha, em altas temperaturas. Este método não exige uso de gordura e é feito rapidamente, já que a temperatura é altíssima. Ele faz com que os poros das carnes se fechem e, por isso, não ocorre a saída do suco, mantendo a carne extremamente suculenta após o cozimento.

 

É claro que cada preparação exige um tipo de cocção diferente, mas um dos métodos preferidos dentro da cozinha é grelhar. Os alimentos grelhados têm sido os preferidos da alimentação saudável, já que são têm preparo extremamente rápido, contêm pouquíssima gordura, e são macios e suculentos.

 

Para garantir um bom cozimento, você precisa de um grill. O grill é um produto muito comum e utilizado lá fora e, recentemente, tem ganhado o coração e a mesa dos brasileiros. Feito de ferro fundido, ele tem a propriedade de manter-se no fogo e armazenar calor por um período enorme de tempo.

 

O Grill Oval da Bialetti se destacou na minha busca pelos produtos disponíveis por aqui. O que eu achei mais bacana nele é o fato de vir com uma base de madeira. Primeiro porque tem um visual tão lindo que dá vontade de deixar exposto pra compor a decoração da cozinha. Segundo porque você pode usar a base para servir a refeição no próprio grill! Tudo quentinho e super bonito para a apresentação. Bacana, né?!

O grill é super resistente a choques térmicos e a altas temperaturas, é feito de liga de ferro com alto teor de carbono, tem uma espessura de 4,0 mm e pode ser usado em todos os tipos de fogão, inclusive nos mais novos de indução. E é com ele que vamos preparar a receita de hoje, um belo x-salada caseiro para deixar qualquer um babando!

INGREDIENTES
240 g de fraldinha
240 g de alcatra
Sal
Pimenta
Azeite
Pão
Queijo
Alface
Tomate
Maionese

 

MODO DE PREPARO
Para preparar seu hambúrguer caseiro, você deve comprar e moer em casa as carnes, como já expliquei no post Por que Moer Carne em Casa?. Misture as duas carnes, pegue uma quantidade suficiente para preencher a palma da sua mão e pressione bem, formando uma bola. Com as duas mãos, pressione para modelar no formato de hambúrguer. Faça cada hambúrguer com, aproximadamente, 120 g do blend das duas carnes.

 

Coloque o grill no fogo e espere até ficar bem quente. Passe um pouco de azeite em suas mãos e umedeça os hambúrgueres. Leve ao grill até grelhar uma face, vire, espere grelhar o outro lado, coloque uma fatia de queijo por cima, espere derreter e retire o hambúrguer do grill. Espere alguns minutos até que o suco da carne tenha se espalhado por todo o hambúrguer e monte seu x-salada caseiro colocando os demais ingredientes!

 

RENDIMENTO
4 lanches

 

DICA
Não coloque nenhum tipo de gordura no seu grill, passe o hambúrguer apenas em suas mãos besuntadas com azeite para evitar que levante muita fumaça na hora de grelhar a carne.

Você pode conferir o Grill Oval da Bialetti e outros produtos da Imeltron no site:

www.imeltron.com.br