SOBRE A BRUCALDERON
A cozinha é um lugar mágico para mim, local onde posso criar e reinterpretar receitas e pratos incríveis. Meu objetivo é inspirar você à também colocar a mão na massa de uma maneira simples e descomplicada, fazendo com que o ato de cozinhar lhe traga descontração e muita alegria.  
Jundiaí / São Paulo
Preparado com carinho pela Bru. 2016-2018
Please reload

Posts Recentes

A MELHOR RECEITA DE DADINHO DE TAPIOCA PARA VOCÊ FAZER EM CASA

September 26, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Nhoque de Beterraba ao Molho Pesto

28 Jul 2016

Você conhece a tradição do nhoque da fortuna? Segundo ela, você deve comer essa deliciosa receita italiana todo dia 29 de cada mês. Mas não basta comer o nhoque, tem que seguir a tradição completa!

 

Reza a lenda, que você deve comer as 7 primeiras bolinhas de nhoque em pé e para cada unidade, deve fazer 1 pedido diferente. Ah! E não pode esquecer da moeda ou nota, de qualquer valor, embaixo do prato.

 

A história que deu origem à esta tradição é a de que um cristão chamado São Pantaleão, em um determinado dia 29,  andava pelas ruas de um vilarejo italiano com muita fome.

Faminto por um prato de comida, São Pantaleão bateu em uma porta pedindo alimento e a família, mesmo sem conhecê-lo, o convidou a entrar e fazer a refeição com eles. 

O prato servido era o nhoque e cada pessoa pôde comer exatas 7 unidades da preparação. Como retribuição, São Pantaleão deixou moedas de ouro embaixo de cada prato. 

 

A tradição diz que se você então comer o nhoque no dia 29 seguindo todas as regras, receberá em troca muita fortuna e sorte para o próximo mês! 

 

Pessoas do mundo todo comem essa tradicional receita todos os dias 29 de cada mês. Já que é um das receitas italianas mais gostosas, não custa nada tentar né?! Você pode fazer uma versão bem tradicional ou pode inovar fazendo uma receita de Nhoque de Mandioquinha ou partir logo para uma receita colorida e diferente como essa que te ensino nesse post!

INGREDIENTES:

 

400 gr de beterraba cozida

100 gr de farinha de arroz

Sal

 

MODO DE PREPARO:

 

Não tem segredo nessa receita, você só precisa cozinhar as beterrabas até que fiquem bem moles e seja possível fazer um purê com elas. Você pode cozinhar na água, mas corre o risco de perder um pouco da cor. Pra evitar isso, cozinhe as beterrabas à vapor. Se você tiver uma máquina de cozimento à vapor, perfeito, senão pode usar seu escorredor de macarrão! Encha uma panela funda com água e coloque o escorredor apoiado em cima, sem que ele toque na água. Coloque as beterrabas no escorredor e espere amolecerem.

Amasse bem todas as beterrabas e coloque esse purê em um pano. Faça uma trouxinha e aperte bem para que toda a água presente na beterraba escorra e sobre apenas a beterraba seca dentro do pano.

Coloque o purê em um recipiente, acrescente um pouco de sal e vá colocando a farinha de arroz aos poucos, até dar a liga do nhoque. 

Faça rolinhos e corte em pequenos pedacinhos. Coloque, aos poucos, em uma panela com água fervente e você saberá que a unidade está pronta quando ela subir e ficar boiando na água.

É só retirar e servir! Aqui eu servi com um pouco de parmesão, manjericão, castanhas e o Molho Pesto (receita aqui).

 

RENDIMENTO:

 

2 porções

 

DICAS:

 

Eu costumo usar a farinha de arroz nas minhas preparações de nhoque. Ela é bem mais saudável, a refeição fica com zero de glúten e o sabor fica exatamente o mesmo. Mas não tem problema nenhum em usar a farinha de trigo normal ok? Se você não achar a de arroz ou já tiver prática com a de trigo, pode substituir sem problemas!

É importante fazer o procedimento com o pano pois a beterraba tem muita água e se você tentar fazer direto vai demorar pra chegar na liga, além de usar uma quantidade muito maior de farinha. Não se preocupe com o seu pano de prato, é só colocar de molho com um pouquinho de cândida que sai tranquilamente a tintura vermelha ok?

Please reload

Categorias
Instagram
Ei! Quer receber minhas receitas super quentinhas?
Coloque seus contatos abaixo